Trocando as raízes...



Se você quer mudar os frutos, primeiro tem que trocar as raízes – quando deseja alterar o que está visível, antes deve modificar o que está invisível.


Fruto é o produto que sucede a flor, é o resultado. A função primordial dos frutos é a proteção da semente em desenvolvimento e garantir a perpetuação da planta.
Raiz é o órgão da planta que tipicamente se encontra abaixo da superfície do solo. Tem duas funções principais: servir como meio de fixação ao solo e como órgão absorvente de água, compostos nitrogenados e outras substâncias minerais como potássio e fósforo (matéria bruta ou inorgânica). Quase sempre é subterrânea.
O segredo está na raiz. Ninguém vê, mas é dela que vem o alimento para os frutos. O fruto é o que se vê, é o resultado final do que está oculto. Quando os frutos não são bons os agricultores têm que *arrancar (tirar por força) a planta desde a raiz, preparar novamente a terra, semear, irrigar, adubar, esperar chover, proteger contra as pragas e quando o devido tempo chegar, colher com abundância.
Assim também é a nossa vida, o fruto que vemos é o resultado do que está dentro de nós, se não são bons, se não é aquilo que esperávamos, é um sinal de que é preciso mudar o interior, fazer uma limpeza, ir na raiz do problema e arrancar aquilo que é mal sem medo de perder, sem se preocupar com a opinião dos outros, para semear sementes boas e poder no futuro, colher dos frutos bons.
* Ora, para arrancar é preciso força (ser humilde), saber o local exato para puxar sem arrebentar (detectar e reconhecer o problemas), vai gerar um buraco (sentimento de vazio – solidão), às vezes profundo, vai espalhar terra por todos os lados (pode afectar outras pessoas), vai dar trabalho (exige perseverança e esforço, desejo sincero de mudar), vai ficar feio, vai gastar forças (cansaço e vontade de desistir), vai exigir empenho (ignorar às vozes do desânimo), mas o resultado é maravilhoso, tudo muda e se multiplica!!!
No dia seguinte, quando eles estavam voltando de Betânia, Jesus teve fome. Viu de longe uma figueira cheia de folhas e foi até lá para ver se havia figos. Quando chegou perto, encontrou somente folhas porque não era tempo de figos. Então disse à figueira: — Que nunca mais ninguém coma das suas frutas! E os seus discípulos ouviram isso.No dia seguinte, de manhã cedo, Jesus e os discípulos passaram perto da figueira e viram que ela estava seca desde a raiz. (Marcos 11:12-14,20)
Nossa vida frutífera é resultado de uma raiz saudável, e uma raiz saudável dá frutos o tempo todo, independente da época!!!
Pense nisso…

2 comentários:

Aline Moulin disse...

Legal gostei do seu blog já estou seguindo. Dê uma passadinha no meu será um prazer.

Andréia Braga disse...

Lindo , o novo lay out .
Postei no meu blog a divulgação do Vivendo a Fé , bjinhosss com carinho.

http://comeceodiacomjesus.blogspot.com/2011/07/vivendo-fe-todo-dia.html